Princípio da dignidade humana: o que é, origem e importância

principio da dignidade humana com estatuas no fundo
Tópicos do artigo:

Se você quer saber a respeito do que é, qual a origem, a importância e mais alguns detalhes a respeito do princípio da dignidade humana, leia com atenção, pois preparamos um guia completo sobre o assunto. 1

Atualmente, principalmente com a internet e com assuntos relacionados em alta, como, por exemplo, a política, o assunto “dignidade” vem ganhando bastante evidência.

Perguntas como o que é, qual o limite e sua importância, são dúvidas que surgem em meio de debates e discussões causadas por uma polarização de ideias.

Diante disso, é extremamente importante se manter bem informado a respeito desse assunto. Por essa razão, antes de nos aprofundarmos, existem alguns pontos básicos que você deve se atentar.

Resumo:

  • O princípio da dignidade da pessoa humana se trata de pensamento derivado da filosofia, desenvolvido de forma bastante abstrata, e que se baseia no ideal de proteção de conceitos como a moral e a honra de um indivíduo, assegurado por lei no território brasileiro.
  • Essa garantia fundamental passou a ser desenvolvida durante o período do iluminismo, em que começaram a surgir os primeiros pensamentos que defendiam os direitos humanos, que evoluíram até que um deles se tornasse a dignidade humana.
  • Ele é encontrado na lei de forma explícita e específica no art. 1º da Constituição Federal brasileira, mas serve como base para o desenvolvimento e aplicação de qualquer outra norma de território nacional.

Para se aprofundar ainda mais no assunto, continue lendo para entender tudo o que é necessário.

O que é o princípio da dignidade humana?

De forma direta e simples, o princípio da dignidade humana consiste em um ideal filosófico, complexo e abstrato, que pode ser definido como a garantia de necessidades básicas e essenciais de cada indivíduo, assegurando instituições como moral, espiritualidade e honra.

Ele é um dos princípios mais básicos e importantes do conjunto do ordenamento jurídico do Brasil, fazendo parte da Constituição Federal brasileira. 

Isso quer dizer que, a dignidade da pessoa humana é uma das garantias fundamentais garantidas pela lei maior de nosso país.

Dito isso, percebe-se que esse princípio possui uma grandeza sem precedentes e é fundamental para o nosso dia a dia.

Para entender ainda mais, vamos entender seu surgimento.

Como ele surgiu?

Agora que você sabe o que é, é importante saber qual a origem desse principio tão importante para o direito.

O princípio Princípio da dignidade humana teve origem durante a ascensão do iluminismo, durante os séculos XVII e XVIII, nos quais teve início os primeiros pensamentos que defendiam direitos humanos e durante esse mesmo período, ocorreu a Revolução Francesa (1789 – 1799).

Esse marco da história, deu origem a Declaração dos direitos do homem e do cidadão, como destacado anteriormente.

Essa declaração é composta por vários dos principais ideais que futuramente moldariam o princípio da dignidade da pessoa humana.

Aliado a isso, alguns outros acontecimentos gigantescos ao nível mundial, como guerras, convenções e afins, também influenciaram na formatação do princípio da dignidade até que ele chegasse ao modo em que encontramos atualmente.

Dica: Você também pode gostar do nosso artigo sobre o surgimento da Filosofia do Direito

Qual a importância do Princípio da Dignidade Humana?

Citamos acima que o princípio da dignidade humana é extremamente importante do direito. Mas você sabe o porquê desse grande valor?

É exatamente sobre isso que vamos tratar agora, portanto, fique bem atento.

Imagem de martelo de juíz com breve definição do princípio da dignidade humana

Em poucas palavras, o direito da dignidade humana é caracterizado pela totalidade e garantia da moral e honra, entre outros valores essenciais de um ser humano.

Por conta disso, pode-se perceber que o princípio dignidade humana é importante para  um bom funcionamento de um Estado, principalmente no caso dos democráticos, visto que nesta categoria de governo, a situação e bem-estar do cidadão são extremamente valorizados e considerados na hora de qualquer decisão.

Todos os fatores citados acima nos fazem entender que o princípio da dignidade humana é extremamente essencial para o direito.

Onde se encontra na lei

Muitos tendem a pensar que a dignidade é algo consensual e tradicional, que tem o significado mantido com base em um senso comum da sociedade a respeito do que esse principio consiste, até onde vai e qual o limite do correto e do incorreto nesse quesito.

Entretanto, o princípio da dignidade transcende o senso comum, e faz parte da legislação brasileira.

Como dissemos anteriormente, o princípio da dignidade humana é o principal conceito da Constituição Federal do Brasil.

Por conta disso, esse principio abre a lei maior brasileira, se tornando como base para as demais regras.

O art. 1º da Constituição Federal brasileira 2 assegura alguns direitos fundamentais para um bom funcionamento do Estado, e dentro dessas garantias está o princípio da dignidade humana.

Novamente destacamos a essencialidade desse conceito, uma vez que citado como garantia fundamental da Constituição Federal, esse direito tem que ser considerado para o desenvolvimento e aplicação de qualquer outra norma.

Diante disso, é correto afirmar que o princípio da dignidade humana, está, não só no o art. 1º da Constituição Federal brasileira, mas sim em toda lei, como no Direito Civil, visto que o mesmo é precedente direto para o desenvolvimento e aplicação de qualquer outra norma, pelo fato de ser uma garantia fundamental assegurada por lei soberana às demais.

Como é aplicado no direito?

Você já aprendeu que a dignidade humana é prevista por lei.

Mas para entender completamente sobre esse princípio, é preciso ter conhecimento de como ele se aplica no dia a dia jurídico.

Breve explicação da importância do princípio da dignidade humana

Como destacamos acima, a dignidade da pessoa humana é um princípio fundamental da legislação brasileira, no começo, ou seja, parte principal da lei maior do Brasil: a Constituição Federal.

Pelo fato de se tratar de uma regra básica e essencial para o funcionamento do Estado, entende-se que esse princípio deve ser considerado em toda decisão, criação, aplicação da lei, enfim, qualquer ato que envolva o âmbito jurídico.

Isso porque, é considerado que as garantias  fundamentais previstas na Constituição, como no caso da dignidade humana, devem sempre ser asseguradas, ou seja, independentemente da ocasião envolvendo o direito, antes de partir para o objetivo final, deve-se ter certeza de que esse princípio fundamental, assim como os outros, não serão quebrados.

Algumas leis que você pode achar interessante sobre o tema:

-Lei nº 8.069/90- Estatuto da Criança e do Adolescente;
-Lei nº 10.406/02- Código Civil;
-Lei nº 13.146/15- Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional;
-Lei nº 13.265/16- Lei de Diretrizes e Bases da Saúde;
-Lei nº 13.327/16- Lei de Acesso à Informação;
-Lei nº 13.429/17- Lei de Proteção de Dados Pessoais;
-Lei nº 13.565/18- Lei de Proteção de Dados Pessoais de Vítimas e Testemunhas de Crime;
-Lei nº 14.146/21- Lei de Registro Civil das Pessoas Naturais;
-Lei nº 14.228/21- Lei de Igualdade Racial.

Melhores doutrinas sobre o Princípio da Dignidade Humana:

Caso você atue, esteja cursando, ou apenas seja um apaixonado pela área jurídica, esse é um tema que você precisa dominar.

Diante disso, se você quiser se aprofundar ainda mais no assunto, preste bastante atenção, pois agora te mostraremos as melhores doutrinas sobre o princípio da dignidade humana.

Você também pode se aprofundar no assunto com o vídeo do professor Thiago Caversan:

Caso você esteja enfrentando algum problema relacionado aos temas tratados no texto, entre em contato com nossos advogados para receber mais informações, utilizando a aba de contatos do nosso site.

Perguntas frequentes

O que é o princípio da dignidade humana?

De forma direta e simples, o princípio da dignidade humana consiste em um ideal filosófico, complexo e abstrato, que pode ser definido como a garantia de necessidades básicas e essenciais de cada indivíduo, e que se baseia no ideal de proteção de conceitos como a moral e a honra, assegurados por lei no território brasileiro.

Qual a importância do princípio da dignidade humana?

Esse princípio é crucial para  um bom funcionamento de um Estado, principalmente no caso dos democráticos, uma vez que nesse tipo de governo a situação e o bem-estar do cidadão são extremamente valorizados e considerados na hora de qualquer decisão

Onde está o princípio da dignidade humana na lei?

Ele é encontrado na lei de forma explícita e específica no art. 1º da Constituição Federal brasileira, mas, visto que o mesmo é precedente direto para o desenvolvimento e aplicação de qualquer outra norma, pelo fato de ser uma garantia fundamental assegurada por lei soberana às demais, ele faz parte de todo o ordenamento jurídico.

Se conseguimos esclarecer todas as suas dúvidas, compartilhe com um amigo para que ele possa também ter o conhecimento presente nesse texto.

IMPORTANTE: O Artigo acima foi escrito e revisado por nossos advogados. Ele tem função apenas informativa, e deve servir apenas como base de conhecimento. Sempre consulte um advogado para analisar seu caso concreto.

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Autor(a):

Para você: 😉
Tópicos do artigo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Aviso de Privacidade
Nosso site utiliza Cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação e mostrar anúncios personalizados, conforme nossa Política de Privacidade.