05 dicas na hora de escolher o seu advogado

05 Dicas na hora de escolher o seu advogado
Tópicos do artigo:

Procurando dicas para escolher o seu advogado? Confira abaixo as dicas que disponibilizamos, elaboradas por uma advogada, prontas para lhe ajudar no momento da escolha do seu advogado. 1

Escolher um advogado pode parecer uma tarefa muito fácil, afinal de contas, quem nunca ouviu um amigo ou parente comentar a respeito de uma situação onde foi necessário contratar um profissional da área? 

Além disso, é possível encontrar um advogado (a) facilmente em qualquer site de pesquisa, você digita “advogado (a) na cidade …” e já aparecem diversos resultados para você, com número de contato, e-mail e algumas vezes até mesmo o endereço do escritório ou do local onde o (a) advogado (a) realiza atendimentos.  

Contudo, essa tarefa tão fácil, se não for realizada da maneira correta pode lhe trazer diversas dores de cabeça durante o andamento do seu processo

Escolher um advogado para cuidar do seu caso é uma etapa de estrema importância para que a sua ação tenha o andamento desejado, você deve ter muita atenção no momento da sua escolha e lembrar que existem diversas áreas no direito, por isso é necessário escolher um profissional especializado na área do seu caso, além de buscar informações concretas sobre ele.

Sabendo da importância que a escolha de um advogado tem para a resolução de uma determinada situação, trouxemos abaixo dicas para você usar neste momento.  

01. Verifique se ele realmente possui OAB 

Encontrar advogados em sites de busca é muito fácil, assim como qualquer outro profissional e mesmo que queiramos acreditar em todas as informações contidas na “internet” e na boa-fé de quem as informa, temos que ter sempre bastante atenção, principalmente na hora da contratação de um profissional, seja qual for a sua área.  

No caso de um (a) advogado (a) a atenção deve ser ainda maior, pois há possibilidade de alguém se apresentar como tal e não possuir sequer registro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), por isso sempre que for contratar um advogado verifique se ele realmente possui OAB e se as informações ali trazidas são verdadeiras e condizem com os seus dados.  

Imagine que realmente pode haver um número da OAB na descrição do (a) advogado (a) que o senhor (a) deseja contratar, mas quando é realizada uma busca pelo determinado número no cadastro da OAB, a inscrição não existe ou as informações são de uma pessoa diversa daquela que foi contratada.  

Até mesmo tratando-se de um advogado que alguém lhe indicou, imagine se ao realizar uma busca pelo nome dele, no registro da OAB o (a) senhor (a) não encontrá-lo devidamente registrado?  

Muitas vezes por confiarmos em quem nos indica um profissional acabamos o contratando sem sequer conhecer o seu trabalho.  

Mas como faço isso? Como posso verificar se um (a) advogado está regulamente inscrito na OAB?  

O Conselho Federal da OAB, em busca de trazer maior segurança e proteção para a população mantém um banco de dados, conhecido como CNA com informações dos (as) advogados (as) de todo país, assim é possível que toda e qualquer pessoa possa realizar uma pesquisa no site para ter certeza da veracidade dos dados que encontrar do advogado.  

O Conselho Federal da OAB, mantém um banco de dados, conhecido como CNA com informações dos (as) advogados (as) de todo país

O melhor é que a pesquisa nesse banco de informações pode ser realizada de forma fácil e rápida, visto que é possível realizá-la apenas através do nome do (a) advogado (a).

Além disso, através do site CNA, ainda é possível saber qual o cargo ocupado pelo profissional, se ele é realmente advogado, ou não, podendo descobrir, inclusive, se o profissional é um estagiário ou não.  

Pode parecer chato parar e realizar essa pesquisa, mas acredite essa é uma excelente forma de se proteger de golpes, sabemos que a “internet” pode ter seu lado bom, mas também há pessoas com más intenções e que buscam se aproveitar dos internautas, por isso tenha muita atenção.  

Ademais, se você não contratar um (a) advogado (a) devidamente inscrito na OAB como ele irá realizar os procedimentos necessários para a sua ação? Como você conseguirá a resolução do seu problema?  

Não deixe de verificar as informações trazidas pelo advogado, mesmo que ele seja indicado por algum conhecido, é importante sempre ter muita atenção e cuidado no momento de fechar um contrato com todo e qualquer profissional.  

02. Busque por um profissional atuante na área do seu problema 

Há uma grande variedade de advogados (as) no Brasil, e um número ainda maior de áreas de atuação que esse (a) advogado (a) pode atuar.  

Desde a área civil, com resoluções de casos que envolvam a família, área penal, para a defesa das pessoas que cometem algum tipo de delito, âmbito trabalhista para questões que envolvem causas trabalhistas, tanto na defesa de empresas como de seus empregados, assim como outras áreas não tão conhecidas, como o âmbito administrativo, imobiliário, compliance, etc.  

Por isso no momento da escolha do seu advogado é necessário que você defina qual área de atuação ele deve possuir, assim você poderá especificar melhor a sua pesquisa e diminuirá ainda mais o tempo de escolha, já que terá opções especificas para o seu caso.  

Isso não quer dizer, contudo, que um profissional que atue em diversos ramos do direito ou em grande parte deles é um profissional ruim para a sua escolha.

Estamos apenas informando que um profissional especializado possivelmente terá maior conhecimento sobre a área do seu problema, podendo inclusive já ter resolvido casos similares, sabendo assim a melhor maneira de atuar na sua situação.  

03.Observe o atendimento do (a) advogado (a) 

Assim como em qualquer área o (a) advogado (a) também deve proporcionar um bom atendimento ao seu cliente, seja por meio de ligação, atendimento “online” ou presencial.  

Por esse motivo, observar o modo como acontece o atendimento do (a) advogado (a) é tão importante, pois através dele você poderá verificar o modo como o (a) advogado (a) se comporta e se ele realmente se preocupa com a resolução dos casos dos seus clientes ou não. 

Um (a) advogado (a) comprometido com o seu cliente, o dará atenção, responderá suas perguntas e se necessário irá propor uma consultoria para lhe explicar melhor sobre determinado assunto que seja interesse do cliente.  

Ele não sentirá nenhum tipo de incômodo em lhe receber em seu escritório para que você retire dúvidas do seu caso com ele, assim como lhe manterá informado do seu processo, sem a necessidade de ficar criando desculpas e adiando o atendimento.  

O atendimento é de estrema importância, por esse motivo, tenha bastante atenção, ao modo como o (a) advogado (a) irá se comportar com você, o modo como ele tratará o seu caso, assim você poderá ter certeza de que está escolhendo o profissional certo e que dará a devida atenção ao seu caso.  

04.Análise a capacidade técnica  

 A quantidade de profissionais que existem atualmente não é nada pequena, por isso é muito importante analisar a capacidade técnica de um profissional para ter certeza que ele fará um bom trabalho. 

No âmbito do direito isso não difere, além de ter certeza que o advogado está devidamente escrito na Ordem dos Advogados do Brasil — OAB, é de estrema importância saber se ele é realmente capacitado para atuar no seu processo e assim dar o andamento necessário para a resolução da sua lide.  

Busque saber qual faculdade ele frequentou, não que isso vá influenciar diretamente para que o profissional seja ou não capacitado, mas saber a faculdade que ele estudou já lhe dará uma confiança maior, visto que você terá certeza de que ele realmente cursou o Ensino Superior. Há muitos charlatões por aí, por esse motivo é necessária muita atenção. 

procure sempre um advogado especialista

Lembre-se de observar também se ele possui algum tipo de especialização, mestrado, doutorado, MBA, pós-graduação, cursos.  

Essa parte é indispensável, visto que se ele possuir uma especialização na área do seu problema você poderá ter ainda mais confiança, já que ele tem mais aprofundamento sobre a área do direito e poderá encontrar uma solução rapidamente para o que você deseja.  

Não esqueça de observar se ele (a) é convidado (a) para participar de palestras, seminários, cursos, veja como é positivo que ele participe desses eventos, já que isso demonstra que ele tem domínio nos assuntos que trata e na área que atua.  

Ademais, busque artigos, textos, monografias, livros, e-books que ele tenha escrito ou tenha participado, assim você poderá conhecer ainda mais o trabalho do advogado e concretizar certeza de que ele realmente domina o assunto.  

Atualmente muitos profissionais possuem sites, canais no YouTube ou perfis no Instagram, realize uma pesquisa, assim você poderá conhecer ainda mais o trabalho do (a) advogado (a), além de analisar o seu posicionamento perante a determinados assuntos, inclusive quem sabe o assunto de que trata a sua situação.  

Sempre observe esses fatores, assim você poderá analisar bem a capacidade técnica do (a) advogado (a) e assim terá certeza de que está escolhendo o profissional correto.  

05.Pesquise a reputação do advogado 

Indicações de amigos, familiares, conhecidos sempre são bem-vindas, tratando-se de todo profissional, isso não difere no caso de um (a) advogado (a).  

Quando recebemos a indicação de alguém é quase certeza que contrataremos aquele profissional, mas é preciso bastante cuidado e atenção, pois nem sempre uma indicação é a melhor maneira de conhecer um profissional.  

Por esse motivo, busque em fóruns, nos sites de pesquisas o nome do (a) advogado (a) indicado, assim você poderá observar se há algum tipo de crítica ao trabalho dele ou elogios.  

Acesse sites de reclamações, busque pelo nome do escritório onde ele (a) trabalha, assim você  terá ciência se o ambiente onde o (a) advogado (a) trabalha é de fato confiável ou não, nem sempre um bom (a) advogado (a) está em um local de confiança e isso é de extrema importância.  

Se possível, converse com clientes desse (a) advogado (a), principalmente se eles já forem antigos clientes, assim você poderá ter mais informações a respeito da atuação do (a) advogado (a) e do modo como ele trabalha.  

Atenção: 

É importante você saber, que nem sempre o (a) advogado (a) que cobra o valor mais alto é o melhor profissional, veja que um profissional pode ser excelente para um determinado caso, mas não pode ser o melhor para a sua situação.  

Por esse motivo, é preciso você ter muita atenção no momento da escolha do (a) seu (a) advogado (a), pois o investimento necessário nem sempre precisa ser grande.  

O (a) advogado (a) cobrará um valor adequado ao serviço que será realizado.  

dúvidas frequentes

Dúvidas frequentes: 

Quais as qualidades que um advogado deve ter?  

As qualidades que um advogado precisa ter, podem variar conforme o caso em questão, mas o que você deve sempre observar é o atendimento que ele proporciona aos seus clientes, assim você poderá ter uma base de como será tratado.  

Ademais, é importante que ele possua um bom conhecimento sobre o ramo que atua e seja atuante de fato na advocacia.  

Além disso, observe o comprometido que ele possui com os processos que está cuidando.  

Você pode inclusive marcar uma reunião ou consultoria para conhecer melhor o (a) advogado (a).  

Como saber se o meu advogado é inscrito na Ordem dos Advogados do Brasil – OAB ?  

Para saber se o seu advogado é inscrito na OAB basta você acessar o site do CNA, pois ele se trata de um banco de dados, onde são registradas informações dos advogados de todo Brasil.  

Basta você possuir o nome completo, ou o número da OAB do seu advogado, assim você poderá realizar a pesquisa e assim terá certeza de que ele é realmente inscrito na OAB.  

O melhor advogado é o mais caro? 

É normal que muitas pessoas atrelem o valor de um profissional a boa realização de seu trabalho, mas é importante disseminar uma ideia diferente dessa, visto que esse tipo de pensamento não é correto.  

Nem sempre o melhor profissional é aquele que realiza o serviço pelo valor mais alto, até porque cada caso é um caso e possui um grau diferenciado de gravidade.  

Conclusão:  

Neste artigo trouxemos 05 dicas para você utilizar na hora de escolher o seu advogado, assim você poderá analisar os profissionais e escolher o mais adequado para a sua situação.  

Lembre-se que as dicas que trouxemos aqui são apenas alguns dos cuidados que você deve ter ao procurar por um profissional para cuidar da sua ação.  

Caso você precise entrar em contato com um advogado especializado ou tenha alguma dúvida sobre o tema entre em contato conosco, estamos a disposição para lhe auxiliar na resolução do seu problema.  

IMPORTANTE: O Artigo acima foi escrito e revisado por nossos advogados. Ele tem função apenas informativa, e deve servir apenas como base de conhecimento. Sempre consulte um advogado para analisar seu caso concreto.

Compartilhe com os amigos:

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on pinterest
Pinterest
Share on linkedin
LinkedIn

Autor(a):

Para você: 😉
Tópicos do artigo:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Aviso de Privacidade
Nosso site utiliza Cookies e tecnologias semelhantes para aprimorar sua experiência de navegação e mostrar anúncios personalizados, conforme nossa Política de Privacidade.